Impressão a 3D permite que esta mãe (cega) conheça o seu futuro filho

A emoção de abraçar seu bebê pela primeira é algo único. Esta é a verdadeira história de Tatiana, uma mãe cega, que desejou sentir e experimentar a possibilidade para abraçar o futuro pequeno Murilo. É a primeira vez que eles se encontram virtualmente uma vez que a tecnologia de impressão a 3D funcionou como “ponte” para este primeiro contacto.