5 Erros críticos a evitar na sua carta de apresentação

Muitos recrutadores usam a carta de apresentação para aferir o seu interesse naquela empresa ou emprego específico assim como a sua aptidão para o trabalho. Pode não parecer justo mas, e perante as dezenas ou centenas de cartas de apresentação que um recrutador recebe para uma vaga, o tempo de atenção que dará à sua é de alguns segundos; seja eficaz e não cometa os erros críticos que descrevemos em baixo!

  1. A primeira linha é aborrecida – A ideia é “dar soluções” aos problemas do empregador ao mesmo tempo que descreve a sua performance no seu emprego anterior desde a primeira linha.
  2. Não demonstrou a habilidade para resolver os problemas do empregador – Fazer uma listagem das suas competências não é suficiente para se distinguir das outras candidaturas. Responder directamente às necessidades do empregador faz a diferença.
  3. Os seus pontos chave não estão de acordo com pretendido – As cartas de apresentação devem ser precisas e directas, colocando a atenção do leitor para os motivos pelos quais o devem contratar.
  4. Não endereçou a carta de apresentação à pessoa certa – Perceber a quem endereçar a sua candidatura pode não ser fácil. Tente procurar nas redes sociais quem é o responsável de RH de determinada empresa. O mais fácil será ligar para a empresa e perguntar a quem endereçar a candidatura.
  5. Esqueceu-se de ser assertivo – Se está a procurar de uma vaga para executivo os recrutadores gostam de ver alguém assertivo e dinâmico. Se a sua impressão não for forte corre o risco de parecer demasiado passivo.

Em suma – não existe nenhum motivo para manter a sua carta de apresentação como algo insípido e igual a tantas outras que apenas se “perdem” no meio de todas as outras.