10 Dicas de como fazer as coisas e as dar por terminadas, mesmo

Independentemente da tarefa o habitual é normalmente deixarmos tudo para o final, no limite. O problema parece ser que essa forma de executar as “coisas” ficam sempre no campo do semi-acabado. Gastamos energia desnecessária, relatórios e tarefas ficam incompletas, e de facto não estamos a resolver. Aplique algumas destas sugestões e verá como tudo irá fluir devidamente.

  1. Acorde cedo – Comece a trabalhar nas coisas antes que as pessoas e as distrações acordem.
  2. Faça uma lista – Escreva as suas tarefas de forma a ter um plano de acção para o dia.
  3. Comece pelo início – Reparta as suas tarefas, e comece com o passo mais fácil e mais simples que pode pensar. Depois é deixar “rolar”.
  4. Limite o seu tempo – Você usa exactamente a quantidade de tempo que dá a si mesmo para completar tarefas, é sempre assim. Defina um prazo.
  5. Adquira um ritmo – Ao adquirir um ritmo trabalha mais rápido sem dar conta que está a gastar menos energia.
  6. Recompense os progressos – Cuide de si (uma pausa, uma breve caminhada,..) cada vez que elimina algum dos itens da sua lista.
  7. Ignore o desnecessário – Tente limitar as tarefas que necessita fazer. Se não for necessário, ignore.
  8. Limite as distrações – Não deixe a TV ligada com “pano de fundo”. Concentre-se numa tarefa de cada vez.
  9. Agrupe certas tarefas – Tarefas em conjunto podem ser concluidas durante o mesmo tempo ou percurso. Tem que ir a uma loja? Pode muito bem aproveitar para trazer a roupa que deixou para limpar a seco no seu caminho de volta.
  10. Delegue – O seu tempo e capacidades são limitados. Pagar a alguém para lidar com algumas das tarefas pode muito bem ser mais eficaz e económico.